top of page

Praia do Peró, em Cabo Frio (RJ), hasteia a Bandeira Azul no dia 12 de dezembro



Praia do Peró, em Cabo Frio (RJ), hasteia a Bandeira Azul

no dia 12 de dezembro pelo quinto ano consecutivo

Para completar a festa, Cabana do Pescador, construção da década de 40 entre as praias do Peró e das Conchas, é tombada. Local era usado como abrigo de pescadores e foi cenário de novela

A praia do Peró, em Cabo Frio (RJ), hasteará no dia 12 de dezembro, pelo quinto ano consecutivo, a Bandeira Azul - certificado internacional de qualidade ambiental. O resultado confere ao Peró a maior premiação global dedicada à gestão sustentável de praias. A bandeira ficará exposta até novembro de 2023.

Para completar a festa, um dos recantos mais bucólicos da cidade, a Cabana do Pescador, entre as praias do Peró e das Conchas, foi tombada. Na última semana, a Prefeitura sancionou uma lei que poderá conferir à cabana status de Patrimônio Histórico, Cultural e Arquitetônico, de natureza material e imaterial, não podendo ser demolida ou descaracterizada.

Cabana do Pescador

Um dos pontos turísticos mais fotografados da Região dos Lagos, a construção fica no Morro do Vigia, com vista privilegiada para as duas praias que a circundam. Erguida no final da década de 40, a cabana era usada como abrigo de pescadores. O espaço também já serviu como cenário de gravações – entre eles, da novela Avenida Brasil. Na ficção, a cabana era a casa de praia de Tufão, personagem vivido pelo ator Murilo Benício.

A lei foi sancionada depois de um grande apelo de moradores, turistas, ambientalistas e historiadores, que foram surpreendidos com a decisão da Justiça Federal de demolir a Cabana do Pescador e outros cinco quiosques da praia das Conchas.

O trade turístico local comemora o tombamento. “A lei veio reforçar o quanto é importante preservar a memória da cidade e o quanto isso agrega ao Turismo. Cabo Frio reúne natureza e praias, mas também, muita história e cultura. É fantástico apreciar tudo isso em um mesmo cenário! Sem contar a Bandeira Azul, que será hasteada novamente, e já é um fator de orgulho e reconhecimento da importância dessa área da cidade”, comenta Maria Inês Oliveros, presidente do Cabo Frio Convention & Visitors Bureau.

Com a decisão da Prefeitura, a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituto Municipal do Patrimônio Cultural vão proceder ao registro do Patrimônio Histórico, incluindo-o no Livro de Tombo das Formas de Expressão. A Prefeitura também irá providenciar placas de sinalização e de indicação do local com as informações completas sobre o tombamento do imóvel. O processo não abrange o deque de madeira e outros acréscimos estranhos à construção original.

Bandeira Azul 2023

O principal objetivo do programa, que contempla a Praia do Peró pelo quinto ano, é conscientizar a sociedade quanto à necessidade de proteger ambientes marinhos e costeiros, incentivando a realização de ações com foco na proteção ambiental. Para ganhar o cobiçado certificado internacional, é preciso que as praias cumpram 34 critérios específicos de qualidade da água, segurança, gestão, educação ambiental e serviços de turismo sustentável.

Todos precisam ser comprovados anualmente para que a bandeira permaneça hasteada. “É um orgulho para todos os cabo-frienses, de nascimento e de coração, hastearmos essa bandeira novamente. Vamos aproveitar a ocasião para apresentar as muitas belezas que se espalham pelos arredores do Peró, com as Dunas do Peró, o Morro do Vigia e a Cabana do Pescador, tombada na última semana”, comemora Maria Inês.

Ao longo dos anos, o Bandeira Azul tornou-se um rótulo ecológico altamente respeitado e reconhecido, trabalhando para reunir os setores de turismo e meio ambiente de maneira local, regional e internacional. O certificado foi criado pela FEE (Foundation for Environmental Education), que é uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países.

Em 2022, o Brasil garantiu 40 aprovações, sendo 29 praias e 11 marinas contempladas com o selo ecológico.

bottom of page