top of page

Container Eco Suítes, associado do Cabo Frio Convention Bureau,é premiado na categoria Selo Verde

18ª edição do Prêmio Top Hotel RJ 2023, promovido pela ABIH, aconteceu ontem (29/11), no Rio de Janeiro

A 18ª edição do Prêmio Top Hotel RJ 2023, promovido pela ABIH-RJ, coroou o Container Eco Suítes, associado do Cabo Frio Convention Bureau, com a primeira colocação na categoria Selo Verde. A categoria é dedicada aos empreendimentos que investem em ações relacionadas à sustentabilidade. “É uma honra conquistar o prêmio e trazê-lo para Cabo Frio. Concorremos com grandes redes, grupos e hotéis da capital e de outras regiões do Rio. Acreditamos que a premiação garantirá ainda mais destaque e reconhecimento para o turismo do interior do estado, além de incentivar outras iniciativas sustentáveis na nossa região”, comemora Bruno Antunes, administrador do hotel, ao lado do pai e proprietário do empreendimento, Roberto Antunes. O evento aconteceu na última quarta-feira (29/11), no Fairmont Copacabana.

Instalado ao lado de uma unidade de conservação ambiental (APA Pau Brasil), o Container Eco Suítes foi premiado com o case “Ecológico Raiz”, quando o empreendimento hoteleiro é pensado desde o início para incluir conceitos e práticas sustentáveis, com resultados superando as expectativas. A pousada é toda feita de material reciclado e itens de reuso e aplica diversas iniciativas sustentáveis para garantir a eficiência energética e reutilização de recursos naturais. Possui três sistemas de tratamento de água e esgoto, energia solar e eólica, horta orgânica e viveiro de mudas de árvores nativas, entre outras iniciativas.

São 33 quartos, todos em 24 containers marítimos reciclados, com banheiro e ar-condicionado. Por toda área da pousada é possível observar o reaproveitamento de materiais das mais diversas formas como escadas de aeroporto, piscina feita de caçamba de entulho, floreiras de caixas d'água, vasos de botas e pneus velhos.

Para maior eficiência do uso da água são três sistemas - um de coleta e tratamento da água da chuva, que capta a água e torna potável para uso, uma estação de tratamento de águas cinzas, que capta a água dos chuveiros, trata e reutiliza nas descargas dos vasos sanitários e na irrigação do jardim e um sistema fechado de tratamento de esgoto (águas negras) feito em duas fossas de bananeiras, que não retorna nenhum esgoto na rede pública.

A iluminação externa e de fachada da pousada é alimentada por energia eólica e solar. O sistema de aquecimento de água solar e a gás é automatizado para garantir a eficiência e redução do uso de gás. A pousada ainda está implementando um sistema de geração de biogás que usará um digestor para alimentar os aquecedores de água.




bottom of page