Cabo Frio volta a receber voos da Azul a partir do próximo domingo, 04 de julho



Tradicional rota Belo Horizonte (Confins) x Cabo Frio

tem datas previstas até fevereiro de 2022


No próximo domingo, (04/07), o Aeroporto Internacional de Cabo Frio volta a receber voos comerciais de passageiros. A retomada das frequências da companhia Azul, suspensas desde o mês de março, tem início com a tradicional rota Belo Horizonte (Confins) x Cabo Frio.


Confira as frequências previstas até o mês de fevereiro/2022:

. Julho:

- Voos diários provenientes de Confins (Belo Horizonte). Aos domingos, são dois horários


. Agosto:

- Dois voos semanais provenientes de Confins (Belo Horizonte) – sábado e domingo


. Setembro a Fevereiro/2022:

- Cinco voos semanais provenientes de Confins (Belo Horizonte) – de quinta a segunda


A retomada dos voos acontece em boa hora para o Turismo cabo-friense: em setembro, a cidade realiza o Festival Sabores de Cabo Frio (03/09 a 03/10). O tema da sétima edição é "Uma viagem pelo mundo" e a expectativa é de que cerca de 60 estabelecimentos participem do evento, oferecendo entradas, pratos principais ou sobremesas exclusivas, criadas especialmente para o Sabores. Os pratos são servidos dentro dos restaurantes participantes e muitos oferecem delivery.


O Festival acontece durante a chamada "melhor temporada" em Cabo Frio, que vai de março a novembro, quando as temperaturas estão amenas e a movimentação na cidade é mais tranquila.


Sobre o Aeroporto de Cabo Frio

Uma das portas de entrada para as belezas de Cabo Frio e toda a Costa do Sol, o Aeroporto Internacional de Cabo Frio (Cabo Frio Airport) retoma as operações com voos comerciais de passageiros em julho/21 - desde março/21, essas atividades estavam suspensas.


No período, o aeroporto trabalhou como um dos aliados no combate à Covid-19: o espaço recebeu aeronaves trazendo equipamentos como filtros e centrífugas, importados pela Fiocruz, para a produção de vacinas.

Inaugurado em 1997, o aeroporto foi ampliado em 2001. Hoje, recebe

voos comerciais de passageiros das empresas Azul e Gol, voos internacionais fretados de passageiros e carga e voos comerciais de carga da Latam, além de aviação geral (voos particulares) e offshore (voos de helicópteros para as plataformas de petróleo).


O aeroporto de Cabo Frio é o primeiro aeroporto público com gestão privada no Brasil, e está habilitado a operar grandes aeronaves cargueiras e de passageiros, com capacidade de movimentação de 570 mil passageiros por ano.


A localização do aeroporto é estratégica não só para a atividade turística na Costa do Sol, mas também para o desembarque de insumos e implementos para a indústria de óleo e gás.